logo hug websites marketing digital

A compatibilidade e prioridade para dispositivos móveis (Google Mobile First) já vem sendo há um tempo um fator importante no SEO (Search Engine Optimization).

O Google lançou uma atualização que tornará os sites para dispositivos móveis ainda mais importantes.

É uma mudança significativa e pode ter um impacto negativo no seu site em wordpress se você não estiver preparado.

A nova atualização do Google é chamada de "mobile primeiro", e é fiel ao nome. Com essa alteração, a gigante de pesquisa priorizará a versão para celular do seu website nas páginas de resultados.

Neste artigo, vamos aprofundar o que é esse conceito e o que isso significa.

Vamos começar?

O que siginifica o conceito Google Mobile First?

Na tradução literal é "mobile primeiro" e o Google "premiará" sites com prioridade na versão para celulares, ou seja, sites que foram pensados primeiro para a versão para smartphones.

No passado, o Google usava apenas versões para computador de cada website para determinar seus resultados, o que levou a alguns problemas.

Por exemplo, isso significava que os usuários de dispositivos móveis recebiam sites que não eram compatíveis com dispositivos móveis e isso era muito ruim para quem pesquisava através de um smartphone.

criação de site responsivo - Google Mobile First

Devido ao crescente número de pesquisas realizadas em dispositivos móveis, o Google lançou uma atualização chamada "primeiro índice para dispositivos móveis" (Google Mobile First).

A principal mudança é que o Google indexará e classificará os sites dando prioridade às suas versões para celular.

Em outras palavras, se o seu site WordPress fornece uma experiência móvel de má qualidade, seus esforços de SEO não serão tão relevantes.

Site responsivo não é a mesma coisa que Mobile First

Mobile First significa pensar no desenvolvimento do site primeiramente com foco para celulares.

Já o site responsivo tem como característica se adaptar a diferentes tipos de telas (desktop, notebooks, tablets, celulares). Apesar de ele ser bem exibido em celulares, não significa que ele foi pensado primeiramente para este dispositivo.

mobile first website responsivo

Agora vamos analisar como essa atualização afetará você, dependendo do tipo de site que você tem:

4 Dicas para preparar seu site WordPress para o Google Mobile First

Site responsivo Google Mobile First

Se o seu site não foi pensado primeiro para celulares, coloque em mente que essa deve ser sua prioridade.

Sites menores dão menos trabalho e esse problema pode ser mais rapidamente resolvido.

Esta seção pressupõe que você tenha um site com versões para dispositivos móveis e para computadores.

Se você tiver apenas uma versão para desktop, reveja o paragrafo anterior, ou seja, não tem muita escapatória. O negócio é arregaçar as mangas e seguir em frente.

1. Certifique-se de que a versão para celular do seu website tenha todo seu conteúdo principal, incluindo posts de blog, que irão lhe ajudar no posicionamento.

Se houver duas versões do seu site, elas precisam apresentar o mesmo conteúdo.

Alguns proprietários de sites usam versões simplificadas de seus sites para usuários de dispositivos móveis, em vez de criar versões compatíveis para celular com o mesmo conteúdo.

Há alguns anos, isso pode ter sido suficiente, mas agora você precisa que seu website para dispositivos móveis seja tão eficiente quanto seu equivalente para computadores e notebook.

Para ser mais específico, seu website para dispositivos móveis e computadores devem conter as mesmas informações e recursos.

Dessa forma, os usuários ainda poderão encontrar seu conteúdo após o lançamento do primeiro índice para dispositivos móveis do Google.


2. Adicione os mesmos metadados para todas as versões do seu website.

Além de garantir que ambas as versões do seu site compartilhem o mesmo conteúdo, você também precisa adicionar metadados idênticos a todas as suas páginas.

Os metadados ajudam a determinar como os mecanismos de pesquisa exibem suas páginas nas buscas (SERPs). Mesmo que seu website para dispositivos móveis compartilhe o mesmo conteúdo da versão para computador, mas não tenha os mesmos metadados, seu SEO ainda sofrerá um impacto.

Site responsivo Google Mobile First

Metadados são essenciais para SEO, pois permitem que você tenha mais controle sobre seus resultados.

Você provavelmente passou muito tempo trabalhando na sua página e nas meta descrições do artigo. Por isso, tenha certeza que esteja na versão para dispositivos móveis.

A má notícia é que a adição de descrições meta ao seu conteúdo para celular pode levar algum tempo, dependendo de quantas páginas seu site contém.

Mesmo se você estiver usando um plug-in de SEO, ainda será necessário copiar e colar manualmente cada meta descrição no lugar certo.

No entanto, o esforço é necessário, uma vez que o Google analisará primeiro os metadados do seu site para dispositivos móveis.


3. Continue focando no desempenho do seu site

Desempenho continua sendo um fator importante no seu SEO.

Ninguém gosta de um website lento, seja em dispositivos móveis ou computadores.

Mais precisamente, os dispositivos móveis às vezes têm conexões menos estáveis, o que torna a otimização de sites ainda mais crítica.

Felizmente, existem várias maneiras de tornar seu site WordPress mais rápido. Alguns exemplos incluem o aproveitamento do cache do navegador, o uso de uma Content Delivery Network (CDN), a otimização de suas imagens entre outros.


4. Use um tema para dispositivos móveis e corte seu trabalho pela metade

Site responsivo Google Mobile First

A coisa mais fácil que você pode fazer para tornar seu site WordPress mais otimizado para dispositivos móveis é usar um tema responsivo.

Isso significa que, quando você cria uma página, o tema se adapta automaticamente para telas menores ou maiores, portanto, você só precisa executar o trabalho uma vez.

Quase todos os principais temas do WordPress atualmente são criados para oferecer suporte a dispositivos móveis com design responsivo.

Se você não tem certeza sobre qual tema escolher, aqui estão algumas dicas para ajudar você a escolher o caminho certo:

Conclusão

O acesso através de dispositivos móveis está em alta e essa tendência provavelmente não será revertida tão cedo, e isto está mudando o cenário geral.

O Google Mobile First é outra confirmação de que o celular é o foco, o que significa que você precisa garantir que seu site seja adaptado aos novos padrões.

É uma estratégia que não podemos ignorar. Você deve olhar o mobile first como uma nova abordagem para projetar as melhores experiências de usuário possíveis.

Considere sempre o comportamento de do seu público, o que vai ajudar a determinar a melhor estratégia digital para seu serviço, produto ou marca.

E você, o que achou dos conceitos apresentados neste post?

Compartilhe sua opinião conosco na seção de comentários abaixo!

Equipe de Marketing
HUG Websites

Você já deve ter visto algo sobre ferramentas de produtividade e ficou se perguntando se essa seria a solução para melhorar o seu rendimento no trabalho, não é mesmo?

Existem uma infinidade de aplicativos e métodos que foram desenvolvidos para dar aquele boost na hora de trabalhar e entregar os projetos no prazo correto.

Apesar disso, nem sempre eles são efetivos para você.

Para que você conheça todos os melhores aplicativos que estão disponíveis no momento para te ajudar a aumentar a sua produtividade, separamos alguns deles que você poderá aplicar em seu trabalho e até em sua vida pessoal.

Preparado? Então vamos lá.

MAS PRIMEIRAMENTE, O QUE É PRODUTIVIDADE?

Produtividade é um conceito muito mais complexo que somente horas trabalhadas ou a capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo.

Você não é produtivo porque está ocupado, muito pelo contrário, você pode ser o mais ocupado de sua equipe e ainda assim ser que menos produz.

Mas como assim?

É, esse é um erro muito comum quando falamos sobre esse assunto, então, para saber do que se trata, vamos esclarecer de uma vez por todas o que é produtividade.

A efetividade em produzir está relacionada à sua capacidade de entregar tarefas em um determinado período de tempo.

Você não precisa fazer tudo de uma vez, mas sim ter ordem e agilidade para concluir o que lhe foi designado para o sucesso do cumprimento das suas metas.

Em outras palavras, podemos associar produtividade a um processo de trabalho feito x tempo em que foi desenvolvido.

Claro, nessa conta podemos colocar variáveis como qualidade do trabalho, muito mais vale um trabalho que não precisa de correções (ou de poucas e simples) do que algo que precise ser completamente refeito. Nesse sentido, produtividade também está intimamente ligada com prioridade.

Então, vamos ao assunto que você está aqui para ler: a lista com algumas ferramentas de produtividade para você turbinar e otimizar seu dia.

Confira!

AS FERRAMENTAS DE PRODUTIVIDADE PARA AUMENTAR A SUA

ferramentas de produtividade

1. Freedom

Não consegue focar porque sempre está dando uma olhadinha nas redes sociais ou outros sites que não tem nada a ver com o seu trabalho?

Freedom é um aplicativo desenvolvido para bloquear esses sites.

É um dos mais famosos que existe com essa funcionalidade. E é excelente para pessoas que não resistem a dar uma olhadinha nas redes sociais enquanto trabalham.

Você pode montar as suas listas de URLs ou bloquear a internet completamente. Ele é compatível com todos os dispositivos e possui uma versão gratuita ou a liberação de mais recursos por US$ 2.50.

Esse não é o único que você pode conferir, se você acha que essa abordagem irá funcionar para você, segue alguns outros que podem funcionar: Cold Turkey; Anti-Social; Internet Blockerl; Rescue Time; dentre outros.

Claro, esse é um aplicativo que irá funcionar somente com o que você acessa na internet, então, os jogos que você tem no smartphone ainda continuaram funcionando.

Contra eles, sinto muito em te falar, mas se tratando de rendimento, o melhor a fazer é deletá-los.

2. Google Calendar

Google Calendar é uma das melhores ferramentas de organização para quem tem muitos compromissos e reuniões. Nele, você pode organizar tudo o que tem pra fazer e ainda sincronizar com colegas de trabalho, compartilhando eventos.

Também é possível sincronizar com todos os aplicativos do Google e receber notificações de suas tarefas. Pode ser acessado por notebook, tablet ou smartphone de forma gratuita e prática, basta ter conexão com a internet para que todos os seus dispositivos sejam atualizados.

Você pode inserir lembretes, tarefas, metas, tudo amplamente personalizável com detalhes, local, possibilidade convidar outras pessoas e até disparos automáticos de e-mails para lembrar a todos do compromisso.

Além disso, o Google Calendar funciona com outros aplicativos do Google como o Keep para você guardar todas as suas notas e o Tarefas, porque, afinal, quem consegue se organizar sem aquela lista do que fazer não é mesmo?

Esses são ótimos aplicativos que você também pode conferir como opções às soluções que você já utiliza.

3. Google Drive

Se você lida com dezenas de arquivos e precisa estar sempre compartilhando novas versões com seus colegas, certamente você está perdendo muito tempo da forma tradicional.

O Google Drive é um aplicativo também criado pela Google, contudo a sua diferença da opção acima é que ele é completamente voltado para gestão de arquivos na nuvem.

Assim, ao criar uma pasta de um projeto, você não precisará ter diversas versões de um arquivo de texto, por exemplo.

Todas as pessoas que terão acesso aquela pasta podem abrir os arquivos e editar em conjunto, por exemplo, favorecendo o trabalho em equipe e poupando precioso tempo.

Mas isso não está limitado a texto. Você também poderá compartilhar planilhas, imagens, e qualquer arquivo que seja lançado nele.

4. Evernote

Evernote é como um grande bloco de anotações, ideal para quem precisa catalogar informações de uma maneira eficiente.

Você pode usá-lo para fazer anotações em reunião, como uma ferramenta de clipping para guardar conteúdos para você ler depois. Versátil e eficiente!

Todo mundo que já pesquisou um aplicativo para notas já se deparou com o Evernote, é aquele símbolo de elefante, pois ele sempre lembra de tudo.

Você pode organizá-lo em pastas de acordo com os temas e ainda usar tags para deixar ainda mais fácil de encontrar as notas sobre assuntos específicos.

Outra grande vantagem é que você pode usá-lo offline e depois sincronizar em nuvem, sem perder as suas anotações, ou ainda compartilhar com outras pessoas em pastas colaborativas.

Para experimentar essa praticidade é só acessar o site oficial.

Crie uma conta e escolha a melhor versão para você.

É possível usar a versão gratuita, porém é limitada. Por US$ 5 mensais ou US$ 45 anuais, você tem um limite mensal de 1 GB de uploads, 100MB por nota, remoção de publicidade, modo offline e suporte prioritário.

5. Pomodoro

Apesar de seu nome significar tomate em italiano, essa é uma técnica voltada a produtividade no trabalho e não na cozinha.

O seu criador deu esse nome, pois o que ele usava para marcar o tempo um daqueles cronômetros de cozinha em formato de tomate.

ferramentas de produtividadeA técnica Pomodoro pode ser feita utilizando alguns aplicativos disponíveis na internet ou um relógio com alarme, essa é uma técnica tão difundida que você não precisa baixar nada e usar uma página da web dedicada à técnica.

Mas o que exatamente é essa técnica, você deve estar se perguntando.

Trata-se de listar as suas atividades do dia e dividí-las em pomodoros, ou seja, tempos de 25 minutos. A cada pomodoro, você descansa 5 minutos e retoma as suas atividades por mais 25 minutos.

A cada quatro pomodoros concluídos, o intervalo é maior, você pode descansar por 30 minutos.

Dessa forma, você consegue dar um descanso para a mente e retomar ao trabalho com a mente mais tranquila. Além de conseguir trabalhar por mais horas no dia, se essa for a sua necessidade.

Essa técnica é ótima para quem fica facilmente entediado, pois permite que você se “presenteie” com alguns minutos de lazer entre sessões de trabalho. Só não vale desrespeitar o timer e começar antes.

6. Trello

ferramentas de produtividade online

Uma das melhores ferramentas de produtividade para a organização de fluxos de trabalho é o Trello.

Ideal para quem trabalha em equipe e precisa controlar os processos em que o trabalho passa pelas mãos de vários colaboradores ou profissionais.

Diversas empresas já utilizam essa ferramenta para gestão de projetos, que é o seu objetivo principal, mas o Trello criou diversas formas para que você diversifique bastante o seu uso e aplica em praticamente qualquer área da sua vida.

O sistema é bem simples, por meio de cards, em que você os movimenta, edita e organiza em listas de acordo com as suas necessidades ou da sua equipe.

Sabe o que é mais interessante? Com ele, você consegue ter uma visão ampla e geral de tudo o que tem para fazer e em qual etapa cada uma se encontra.

O melhor de tudo é que você e sua equipe poderão acompanhar o que está sendo feito de qualquer plataforma, pois o Trello é compatível com todos os sistemas e disponível no Google Play e App Store.

Você pode se cadastrar gratuitamente no site oficial e ganhar ainda mais recursos com o Business Class.

Experimente!

Você pode conferir os primeiros passos no Trello nesse link.

E agora que você conheceu algumas ferramentas de produtividade, assine a nossa newsletter e receba em seu e-mail outras dicas do nosso blog.

Até a próxima!

Equipe de Marketing
Hug Digital

Em tempos de invasões e ataques cibernéticos, todo e qualquer empreendedor que utilize a internet para atrair e conquistar novos clientes precisa compreender a importância de proporcionar um ambiente seguro a todos os visitantes de seu site.

A maioria das pessoas, principalmente os usuários que não estão acostumados a navegar e comprar pela internet, como os mais velhos, que são de outra geração, não enviarão seus dados confidenciais pela web a menos que tenham certeza de  que os dados informados estão 100% seguros. 

E é justamente onde o Certificado Digital SSL (ou protocolo HTTPS) entra em cena.

Ele é extremamente importante no caso das lojas virtuais e comércios eletrônicos que solicitam dados como e-mail, endereços, números de cartão de crédito, além de dados pessoais. 

Sites institucionais também não fugirão a essa regra já que a existência desse certificado é um fator relevante para o posicionamento orgânico do site no Google.

O Certificado SSL garante a integridade dos dados, mesmo que a causa não seja uma ameaça à segurança, porque a criptografia usada significa que qualquer coisa adulterada ficará inutilizável. 

Além disso, os controles em SSL evitam a reprodução dos dados posteriormente

Pensando nisso, a seguir vamos explicar melhor o que é o Certificado Digital SSL, e por que ele deve ser utilizado no seu site.

Continue a leitura e confira!

 

O que é o Certificado Digital SSL?

O certificado SSL foi originalmente desenvolvido pela Netscape em 1994 como uma forma de proteger as comunicações entre o cliente e o servidor na web. 

certificado digital ssl para sites e ecommerce

Do inglês Secure Socket Layer, essa proteção é baseada em rígidos sistemas de criptografia, “embaralhando” os dados fornecidos pelos visitantes, de modo que seja praticamente impossível descobri-los ou interpretá-los.

De forma clara e objetiva, o Certificado Digital SSL é um protocolo de segurança, que foi desenvolvido para proteger os usuários que navegam em algum website contra o roubo de suas informações.

Ou seja, qualquer tentativa que vise o roubo das informações se tornará irrelevante, pois mesmo que interceptadas (o que é realmente difícil de acontecer), a compreensão do conteúdo será inconcebível.

Por que é importante utilizar o Certificado SSL em seu site e quais são os benefícios?

O principal benefício do certificado SSL é a prevenção de espionagem e modificações indesejadas no tráfego da Internet, sendo assim, fica fácil entender a importância de utilizar esse certificado em seu website. 

Para fortalecer a sua relevância, veja a seguir mais benefícios em adotá-lo:

Nesse contexto, vale ressaltar que as vantagens em adotar o SSL refletirão diretamente na credibilidade da sua marca, contribuindo, dessa maneira, para o seu negócio.

 

Quais são os riscos de não usar o Certificado SSL?

O maior e mais relevante risco de não usar a certificação é a exposição e acesso aos dados pessoais dos seus clientes e visitantes e principalmente o que esse acesso pode gerar na vida pessoal, profissional e na segurança financeira dos usuários. 

Além disso, você poderá ter a imagem de sua marca prejudicada, sem contar os riscos para o sua empresa.

Como os visitantes podem identificar se meu site tem um Certificado SSL?

Essa identificação é bem simples. 

Os sites que possuem o certificado exibem o símbolo de um cadeado junto ao endereço do site. Do lado esquerdo do navegador onde a url esta digitada.

Uma outra maneira de identificar é observar se no início do endereço do site está escrito: “https://”. Sites com “https://”, possuem o Certificado SSL.

Há mais de um tipo de Certificado SSL?

Sim. Existem diferentes tipos de certificação SSL e é importante analisá-las para que a melhor escolha seja feita para o seu negócio.

certificado digital ssl site seguro https

O primeiro deles é o Domains Validation ou Validação de Domínio.

Esse é o certificado mais utilizado e conhecido. Tem o objetivo de indicar o nível de segurança do domínio e com isso passar mais confiança para os usuários e visitantes. 

É indicado para sites menores, com poucas páginas ou blogs pequenos.

Para esse tipo de certificado, existe a opção paga e também a gratuita. Sua emissão é rápida, pois valida somente o domínio e não a empresa toda. 

Existe também o Organization Validation.

Esse é um certificado intermediário e além de validar o domínio, valida também a empresa responsável pelo site, garantindo ao usuário que a empresa existe e está legalizada.

É indicado para empresas um pouco maiores, que demandam um maior nível de confiança e credibilidade como lojas virtuais (e-commerce).

Esse certificado demora mais para ser emitido e pode ser um investimento um pouco maior. 

A terceira opção é o Extended Validation.

Esse certificado é o mais completo dos três, pois verifica o domínio, a empresa e também analisa seu negócio, garantindo um maior nível de segurança. 

É um investimento mais alto e leva mais tempo para ser emitido.

Como obter um Certificado SSL?

Podemos apresentar pelo menos 3 opções:

  1. Você pode ativar o Certificado SSL gratuito, desde que seja disponibilizado pela plataforma de hospedagem que você utiliza.
  2. Você pode ativar, ou solicitar a ativação do protocolo HTTPS na sua hospedagem atual. A maioria das empresas que fornecem o serviço de hospedagem de sites, disponibilizam o Certificado SSL gratuito.
  3. Se o seu provedor de hospedagem não disponibilizar essa opção gratuitamente, você pode migrar seu site para uma
    hospedagem com Protocolo HTTPS gratuito ou solicitar a compra para ativação do certificado.

Esperamos que essas informações tenham ajudado. Não se engane pensando que os consumidores não estão ambientados sobre esse assunto. 

Lembre-se que a internet é uma fonte rica de informações e conteúdos, e grande parte dos usuários são instruídos pela própria rede.

Em um mundo na era da inclusão digital e cada vez mais conectado, é imperativo ter o foco na segurança das informações que são fornecidas por seus clientes e visitantes. O certificado SSL ajudará nessa tarefa. 

O que você achou do nosso post sobre Certificado Digital SSL?

Gostou?

Então aproveite para aprender também sobre qual é a vida útil de um site!

Equipe de Marketing
Hug Criação de Sites

No atual cenário digital, as empresas precisam construir uma presença online forte caso queiram se destacar em um mercado cada vez mais concorrido.

Porém, para alcançar seus objetivos na internet e ter sucesso nos negócios, é bastante importante acompanhar os indicadores de desempenho do seu site.

Por meio dos canais digitais (site, redes sociais, email mkt, etc), as companhias conseguem trabalhar institucionalmente a marca, criar mecanismos de relacionamento com os clientes, realizar vendas de produtos e serviços e estabelecer um serviço de atendimento ao consumidor eficiente, entre outras possibilidades de atuação.

Mas esse trabalho de nada adianta se não contar com um modelo de análise dos resultados.

Sem indicadores de desempenho, fica difícil determinar quais estratégias geram resultados e quais devem ser descartadas. Com isso, é possível criar uma atuação consistente que contribua para o desenvolvimento da empresa.

Começando pelo planejamento

O planejamento é essencial para qualquer setor da empresa, e com os indicadores de desempenho não é diferente.

Muitos empresários e gestores acreditam que basta acompanhar as métricas básicas para conseguir desenvolver suas estratégias de divulgação e marketing na internet.

indicadores de desempenho de sites

Porém, a análise de dados deve estar bastante alinhada com os objetivos da empresa.

O marketing e seus canais de comunicação são ferramentas para ajudar as empresas a cumprirem suas metas e ganharem mercado, mas, sem o devido planejamento, esse processo pode não gerar os resultados esperados.

O planejamento, portanto, é um guia para orientar o seu trabalho e definir quais pontos precisam ser analisados para que possa identificar gargalos, falhas e aspectos que podem e devem ser melhorados em sua estratégia de marketing — o que inclui o trabalho desenvolvido para o website da sua empresa.

Quais métricas analisar?

Porém, algumas métricas precisam ser avaliadas constantemente. Isso porque, na maioria dos casos, trazem números importantes sobre o funcionamento do site e como o comportamento dos visitantes influencia em seu desempenho. Veja quais são.

Número de visitas

Essa é uma métrica simples, mas bastante eficiente para entender o alcance que a sua empresa tem na internet.

Por meio dessa estatística, o empresário consegue saber quantas pessoas acessam o seu site diariamente e a partir daí implementar mudanças que gerem mais visitas.

Páginas acessadas

O número de acessos nas páginas do site é outra métrica simples, mas que também contribui bastante para análise de resultados. Isso porque indica quais páginas ou conteúdos conseguem atrair mais visitantes e quais deles não geram resultado. Uma informação essencial para otimizar o conteúdo do seu site e melhorar as páginas mais acessadas.

Tempo de permanência no website

O tempo que uma pessoa fica em um website pode demonstrar o interesse dela em relação ao conteúdo disponibilizado. Se ela acessou o portal e saiu rapidamente, é um indício de que encontrou um material que não a agradou muito.

Porém, se visitou diferentes páginas e ficou bastante tempo, é indício de que está no caminho certo, e que além disso, as estratégias estão atraindo o público certo para o seu conteúdo.

Quais ferramentas usar?

Existem diversas ferramentas que podem ser usadas para medir e avaliar o desempenho de um site.

Plataformas como o Google Analytics contam com mecanismos preparados para gerar dados e informações importantes a fim de avaliar estratégias e desenvolver o site da empresa — aumentando as possibilidades de se destacar na internet e estar a frente dos concorrentes.

O Google Search Console é outra ferramenta de análise que ajuda muita a compreender melhor os números do seu site - como por exemplo quais páginas estão indexadas na busca do Google, além de quais palavras chave estão aparecendo e em que posição elas se encontram.

Outras ferramentas que podem ser usadas são:

Indicadores de vaidade, cuidado com eles!

Como já vimos no marketing digital é muito importante avaliar os resultados alcançados, após utilizar determinadas estratégias.

A partir dessa análise é possível melhorar as ações no ambiente digital. Porém, é preciso ter cuidado para não se prender aos indicadores de vaidade, pois eles podem passar uma ideia diferente da real situação do negócio.

De uma maneira geral, métricas de vaidade são informações coletadas ou acompanhadas mas que não contribuem para as tomadas de decisões. Elas não devem ser ignoradas, mas também não são indicadores da real situação.

Tenha cuidado ao analisar as métricas

Com a popularização das mídias sociais, as marcas decidiram fortalecer a sua presença digital, uma decisão correta e que abriu novas formas de se trabalhar o marketing empresarial.

Porém, para que possa dar certo é preciso planejar como citamos no início deste post.

O planejamento passa pela definição de quais métricas vão ser acompanhadas em suas ações de marketing digital. Os melhores indicadores são sempre aqueles que motivam mudanças e favorecem suas tomadas de decisões.

Assim, é preciso tomar cuidado com os indicadores de vaidade. Alguns deles têm valor para o seu negócio, mas não conseguem orientar o desenvolvimento de um projeto. Assim, monitorar essas métricas pode ser perda de tempo e de força de trabalho.

Conheça alguns indicadores de vaidade

Essas métricas são chamadas assim porque mexem com o ego de profissionais e empresários. Número de seguidores, reações em postagens, visualizações de publicações deixam as pessoas satisfeitas, mas, sozinhos, não indicam melhoria no trabalho.

Nos próximos parágrafos vamos apresentar e explicar alguns dos indicadores de vaidade.

Reações

Constituem uma das principais métricas de vaidade. É comum ver empresários satisfeitos com o resultado de uma campanha por terem um número satisfatório de reações. Mas, o que esses números realmente dizem? É difícil apontar e avaliados sozinhos pouco acrescentam à sua estratégia.

Afinal, podem ter sido motivadas pelo título da postagem, pelo texto de apresentação, pela foto que acompanha ou pela marcação de um amigo. Ou seja, não há informações suficientes para indicar o que deu certo ou errado.

Visualizações

como ter um site institucional pode impulsionar as vendas

São dados bastante comuns no Google Analytics e não acrescentam muita coisa à sua análise de resultados.

Um site ou blog pode alcançar 20 mil visualizações em um determinado período e ter apenas 200 visitantes. Ou, quem sabe, ter 20 mil visualizações com 20 mil visitantes.

Cada um desses cenários pode dizer uma coisa e vai exigir comportamentos diferentes.

Ao medir a quantidade de visitantes em seu blog ou site é mais interessante avaliar a quantidade de visitas únicas.

Compartilhamentos

Se muitas pessoas compartilharem sua publicação é um indicativo de que algo deu certo. Mas ainda não é o suficiente para assegurar que sua estratégia foi um sucesso.

Alguns itens são compartilhados porque contêm mensagens de humor ou incentivo, o que não significa que há interesse em negociar com você.

A importância do compartilhamento está em gerar tráfego para o seu site e inserir a pessoa em seu funil de vendas. Mas é preciso trabalhar esse cliente em potencial para que ele possa adquirir seu produto ou serviço.

Somente após todo esse processo é possível medir a efetividade do trabalho.

Seguidores e curtidas

Enquanto métrica de negócio, a quantidade de seguidores – seja no Facebook, Twitter ou Instagram – não diz muita coisa.

redes sociais mais usadasContar com uma base grande de curtidas em sua página é interessante, mas isso não é sinônimo de sucesso da sua marca.

Uma pessoa pode curtir a sua fan page no Facebook e não se relacionar com as suas publicações nem negociar com você.

Assim, essa é uma curtida pouco interessante para a empresa porque não é revertida em novos negócios.

Como escolher as métricas certas?

Sempre que for escolher indicadores para avaliar o sucesso de um projeto é interessante apostar naqueles que se relacionam com o funil de vendas.

São essas métricas que vão apontar se você está conseguindo novos negócios ou fidelizando a sua base de clientes.

Agora que você já sabe o que são indicadores de desempenho e indicadores de vaidade, defina com cuidado quais métricas devem ser avaliadas e desenvolva uma estratégia de marketing que dê resultados.

E você, quais indicadores esta utilizando em seu site?

Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas experiências
Se tiver dúvidas sobre as ferramentas citadas ou quiser saber mais entre contato conosco.

Equipe de Marketing
Hug Digital

O mundo está sempre mudando e se atualizando. E isso não é diferente quando pensamos no site da sua empresa.

Isso significa manter seu site atualizado com novos conteúdos, visuais modernos e, o mais importante, fornecer aos usuários o que eles querem. Se o seu site não está fazendo isso, talvez seja hora de uma atualização!

Para fazer diferente, vamos te dar a resposta para a pergunta que é o titulo deste artigo, aqui, logo no início.

Em média, você deve reformular seu site a cada 3 anos – lembre-se isso é uma estimativa que varia muito de acordo com cada site/indústria.

Vemos sites que funcionaram bem para clientes por muitos anos e sites que precisavam ser atualizados antes a cada ano que passava. Isso porque cada um tem uma maneira de cuidar (ou deixar de cuidar) do seu próprio site.

Há pessoas que preferem investir na criação de sites baratos para ter a possibilidade de estar sempre trocando de layout. Isso mostra que a empresa está em constante atualização e passa um ar de segurança para os visitantes.

Se o site estiver com plugins desatualizados, for hackeado ou invadido, tiver cheio de SPAM e outras coisas negativas, talvez a reformulação precise ser antes de 3 anos.

COMO VOCÊ SABE SE O SEU SITE ESTÁ PRONTO PARA SER REFORMULADO?

1 - Ainda está trabalhando para você? Você está recebendo tráfego? As pessoas estão visitando e respondendo? Elas estão abandonando seu site? Se sua taxa de rejeição está significativamente mais alta, isso geralmente indica que seus usuários não estão envolvidos com seu site. Pode ser porque está desatualizado e precisa de atualização.

2 - Parece desatualizado? Existem novas tendências que todos estão usando para melhorar a experiência do usuário, mas que seu site não tem? Muitas coisas novas surgem o tempo todo. Se o seu site tiver vários anos, pode parecer que não há recursos que os usuários estejam procurando. Observe seus concorrentes.

3 - Você mudou seus logotipos ou esquema de cores. Se o seu site não corresponde ao seu marketing, é hora de uma atualização. Sua marca precisa ser coesa entre seu site, mídia social, marketing digital, frente de loja e materiais impressos.

4 - Seu site não é otimizado para celular (site responsivo). Esse é um ponto crucial. Se um usuário acessar seu site e for apenas uma pequena versão do seu site para computador e não responder, ele sairá e acessará outro site (provavelmente do seu concorrente). E o Google também penaliza sites que não são adaptados para mobile.

5 - Seu conteúdo está desatualizado. Seu telefone está errado? Seu logo está com a cor antiga? informações de contato erradas? Seu conteúdo não é mais relevante ou atual? Hora de reformular seu site.

6 - Seu site está lento. Isso pode significar que tem muita coisa velha entupindo e impedindo que seja tão rápida quanto os usuários querem. As pessoas esperam sites rápidos e isso também vai ser um fator de classificação nos motores de busca.

Se você já se sentiu pedindo desculpas a alguém por estar desatualizado no seu site, então é hora de um novo design.

Seu site fala da sua credibilidade. Sempre dizemos às pessoas que, se alguém acessa seu website e parece mal feito ou desatualizado, isso se reflete no seu negócio.

Talvez sua empresa esteja mal feita e desatualizada?

Se você está negligenciando seu site, os clientes podem se perguntar o que mais você está negligenciando.

Não permita que um site antigo impeça que você receba novos leads, novos clientes e crie uma excelente primeira impressão.

AINDA NÃO TEM CERTEZA?

Pode não ser hora de um novo site. Mas não deixe seu site e conteúdo ficarem estagnados. Você precisará de um novo site antes de conhecê-lo. Continue escrevendo novo conteúdo.

Continue analisando suas páginas. Adote a abordagem de aprimoramento contínuo e permaneça conectado ao que funciona, ao que não funciona e às alterações que você pode fazer com base nessas informações.

Realmente, você deve redesenhar seu site sempre que precisar.

Não há tempo definitivo sobre quando e como você deve fazer esse movimento. Há muitos fatores por trás da resposta, como competição, audiência, metas, apelo, etc. Se você está se perguntando a respeito, é bem provável que seja a hora.

“Este é um post escrito por nosso convidado Caio, apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que ajudem empresas e pessoas a aumentar as vendas, gerar leads e contar histórias”.

Gostou deste post?
Deixe seus comentários.

Equipe de Marketing
Hug Websites

hug websites

Agencia especializada na criação e desenvolvimento de sites responsivos. Nossa missão é criar sites de qualidade, alinhado com as últimas tendências digitais e que traz resultados. Além disso fazemos Marketing Digital, Otimização e Ranqueamento de Sites (SEO) para o Google.
ENTRE EM CONTATO
Hug Websites - Criação de Sites e Marketing Digital. © Todos os direitos reservados.